sexta-feira, 24 de abril de 2009

poesia cero

jogo 1 pedra
na fome do jardim

o sonho guarda o cheiro

armazém solar
de receita
e remédio

gesto de dor
que me arrasta
borda o céu e mata o tempo.

era teu esse minuto?

(Barbara Corsetti)

3 comentários:

Mara faturi disse...

Bárbara; ADOREI o poema e conhecer você pessoalmente;)
bjo

barbara disse...

gracias querida, gostei muito de te conhecer Mara, parceria na poesia é um carinho!
bjs

Mara faturi disse...

;)
longa vida `a poesia e a tudo de bom que ela pode nos proporcionar...
bjo