terça-feira, 15 de dezembro de 2009


                         Amor ante la Muerte (óleo sobre tela de Miguel Oscar Menassa)



No caminho encontrareis o ouro e a pobreza,


os precipicios fundos e as grandes planicies.

Haverá em vossos caminhos, não duvideis,


emboscadas, traições, vis injustiças,


por isso


é conveniente viajar acompanhado.






E, quando conseguirdes algum pão, algum dinheiro,


tentai reparti-lo o melhor possível entre todos.


Alguém que comeu


e tem dinheiro para o pão de manhã,


em algo se sentirá feliz e seu trabalho


não será dirigido pela fome ou pelo odio


senão pelo amor ou pela liberdade.





de Miguel Oscar Menassa



do Livro: La Maestría y Yo (Editorial Grupo Cero, 2007)



(Miguel Oscar Menassa é o diretor internacional do Grupo Cero)

4 comentários:

Flávio Morgado disse...

Belíssimo poema!
Também adorei a iniciativa do blog em se manter um grupo de poetas. Difícil encontar algum lugar para nossa arte hoje em dia, mais difícil ainda ser for bem escrita!
Faço-me um seguidor, e espero também uma visita para que conheçam meu trabalho: www.cadernodacapaverde.blogspot.com
F.M.

Grupo Cero VersoB disse...

Agradecemos, Flávio, teu comentário.
Sim! É um trabalho para nós muito precioso o da poesia. E o grupo produz as condições de cada um poder despertar seu poeta e desenvolver seu estilo.
"Um grupo é uma máquina de desejos." Miguel Oscar Menassa

Visitamos teu blog, belos escritos!

saudações poéticas,

virgínia além mar vicamf disse...

esta Poesia singela tocou minha alma , muito obrigada pelo momento de beleza e reflexão verdadeira,
abraços afetuosos, virgínia além mar

Grupo Cero VersoB disse...

Cara, Virginia,

agradecemos a ti pela leitura
e o carinho pela poesia,

um forte abraço,